Quanto custa viajar para Urubici? Guia completo de custos

Quanto custa viajar para Urubici? Se você quer iniciar seu planejamento de viagem para esse concorrido destino da Serra Catarinense, precisa ler este guia até o final.

A cidade de Urubici possui pouco mais de 11 mil habitantes e fica localizada na Serra de Santa Catarina. Junto com suas vizinhas São Joaquim, Urupema e Bom Jardim da Serra, é conhecida por ser uma das cidades mais frias do Brasil.

Assim, o turismo de inverno é um dos principais motivos pelos quais as pessoas procuram conhecer a região.

No entanto, a cidade de Urubici possui diversas atrações e conta com muitas belezas naturais, como trilhas, cachoeiras e mirantes. Além disso, é possível fazer atividades pagas de ecoturismo.

Descubra, em seguida, uma estimativa geral de custos e qual é a melhor época do ano para conhecer a cidade de Urubici.

Chegando em Urubici: quanto você vai gastar?

A capital mais próxima da cidade é Florianópolis, que fica a 175 km de Urubici. A distância costuma ser percorrida em aproximadamente 3 horas.

Para quem viaja dos outros estados do Sul do país, é possível chegar a Urubici diretamente de carro. A cidade está a 400 km de Porto Alegre e 450 km de Curitiba, o que dá, em média, percursos de 6 horas e 6 horas e meia de carro.

Nesse artigo, vamos considerar que a pessoa tenha chegado de avião no aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, e de lá siga para Urubici. Como o valor das passagens aéreas pode variar muito a depender da época do ano ou período promocional, ela não será inclusa aqui.

Um ponto fundamental para quem deseja viajar para Urubici é saber que é imprescindível que você tenha um veículo à sua disposição.

Isso porque a maior parte dos pontos turísticos fica distante um do outro e não é possível contar com uma logística de transporte público para visitar as atrações.

Assim, para quem viaja de outro estado, a melhor opção é alugar um carro diretamente no aeroporto de Florianópolis.

Verificamos que a diária para carros de modelo mais econômico custa em torno de R$ 62. Para carros de porte intermediário, o valor da diária custa a partir de R$ 155.

Importante observar qual será a política de combustível adotada ao alugar o veículo.

Qual a melhor época do ano para conhecer Urubici/SC em termos de custo benefício?

Uma vantagem de Urubici é que a cidade possui atrações e belezas naturais que podem ser visitadas em qualquer época do ano.

Como falamos acima, a estação do inverno é a mais concorrida em toda a Serra Catarinense. Muitas pessoas viajam todos os anos para lá a fim de experimentar na pele o inverno mais rigoroso do Brasil.

Outro atrativo do inverno que atrai muitos turistas é a possibilidade de ver neve, visto que não é incomum que em algumas cidades da Serra ocorra o fenômeno).

Portanto, o período que vai dos meses de junho ao final de agosto é sempre o mais concorrido, e consequentemente, a época mais cara para visitar a região.

Ao mesmo tempo, a estação do verão também costuma atrair muitos turistas.

É um efeito tanto do período de férias escolares e recessos quanto pela possibilidade de realizar passeios de ecoturismo na cidade, como diferentes trilhas em cânions ou explorar algumas das dezenas de cachoeiras que estão dentro das fronteiras do município.

Por essa razão, para quem busca um melhor custo benefício em relação aos valores, o ideal é viajar nos períodos entre as altas temporadas, ou seja, nas estações de outono e primavera.

Contudo, essa variação de preços pode atingir mais os valores relativos a hospedagens e passagens aéreas, visto que o valor das atrações não costuma se alterar de forma repentina.

Turismo local pago x gratuito: atrações como o Morro da Igreja e Serra do Corvo Branco são exemplos de locais que podem ser conhecidos sem pagar nada

Um dos pontos positivos de conhecer Urubici é que, comparado a outros destinos serranos do sul do país, o valor das atrações turísticas é relativamente baixo.

Há até mesmo alguns pontos turísticos concorridos, como o Morro da Igreja, cuja entrada é gratuita. Veja abaixo alguns exemplos de atrações locais cujo acesso e visitação são gratuitos:

  • Morro da Igreja e Pedra Furada (para realizar a trilha para a Pedra Furada, no entanto, é necessário contratar um guia especializado registrado junto ao Parque Nacional São Joaquim);
  • Serra do Corvo Branco;
  • Serra do Rio do Rastro e Mirante da Serra do Rio do Rastro;
  • Cascata da Barrinha (fica no município vizinho de Bom Jardim da Serra);
  • Gruta Nossa Senhora de Lourdes;
  • Mirante de Urubici;
  • Igreja Matriz.

Pontos turísticos pagos: veja o valor das principais atrações

Há outros pontos turísticos cujo acesso e visitação são pagos.

Em muitos deles, é possível realizar outras atividades, como tirolesa, ou almoçar em restaurantes. Os valores dessas programações são à parte em todas as atrações.

Segue o valor atualizado dos principais pontos turísticos de Urubici:

  • Cachoeira Véu da Noiva: R$ 20 por pessoa;
  • EcoParque Turístico Cachoeira Papuã: R$ 35 por pessoa;
  • Sítio Arqueológico Guardião do Avencal: R$ 15 por pessoa;
  • Parque Cascata do Avencal: R$ 30 por pessoa;
  • Morro do Campestre: R$ 25 por pessoa.

Há ainda outros passeios que podem ser feitos nas proximidades, como visitar as Pirâmides Sagradas em Grão Pará (pelo valor de R$ 20).

Para os amantes dos vinhos, uma ótima sugestão de passeio é conhecer as vinícolas da região. A cidade de São Joaquim, bem próxima a Urubici, reúne várias delas.

Uma visita com degustação na famosa vinícola Villa Francioni, por exemplo, custa a partir de R$ 70 por pessoa.

Hospedagem para todos os bolsos: de chalés mais econômicos às cabanas de luxo

Antes de falarmos dos valores das hospedagens, uma dica para válida para quem vai visitar Urubici pela primeira vez é em relação ao local de estadia.

Pode ser mais interessante buscar opções de hospedagem próximas ao centro da cidade, como a Pousada Cabanas Xokleng, e há algumas razões para tal.

Urubici é uma cidade pequena, portanto, o centro da cidade é a região que melhor oferece estrutura em termos de serviços e comércio. Os principais restaurantes e bares da cidade estão por ali, assim como supermercados e lojinhas de artesanato.

Outra vantagem de se hospedar no centro é que ele é um bom local de partida para ir para os pontos turísticos de Urubici.

A cidade conta com muitas atrações e, em uma viagem de poucos dias, compensa mais ficar dentro dos limites do município do que se hospedar em outras cidades da Serra. Assim, você pode aproveitar o que fazer em Urubici enquanto economiza!

Faça as reservas com antecedência

É claro que isso é uma questão muito pessoal porque há hospedagens belíssimas em locais mais afastados, que podem agradar mais quem busca uma experiência de excelência nesse quesito. Assim, essa escolha vai variar bastante conforme o seu perfil de viajante.

De qualquer forma, é essencial fazer suas reservas de hospedagem com antecedência. Urubici é um destino bem concorrido, e as hospedagens costumam sempre estar cheias.

Quanto mais cedo você realizar a sua reserva, melhor será em termos de encontrar uma acomodação com bom custo benefício.

Os chalés e pousadas são a variante mais comum de hospedagem, em comparação aos hotéis tradicionais.

Os valores médios para a diária de dois adultos pode variar bastante. Há desde opões mais em conta, que custam R$ 200, até hospedagens mais luxuosas, com uma média de preço de R$ 1000.

De modo geral, é possível encontrar muitas opções de chalés ou quartos cujo valor fica em torno de R$ 250 a R$ 350. A maior parte deles inclui café da manhã.

Sem dúvidas, a melhor opção disponível de chalé com lareira em Urubici é a Pousada Cabanas Xokleng. Você encontra, aqui, acomodações variadas, com preços que cabem no seu bolso e todo o conforto que você merece!

Alimentação: quanto é necessário para comer em Urubici?

O gasto com alimentação também pode variar bastante, conforme o perfil do viajante.

A Serra Catarinense é bastante conhecida por sua gastronomia e sabores marcantes. Então, para quem aprecia essa parte, sempre vale a pena investir em conhecer restaurantes e provar pratos regionais.

Para quem for se hospedar em casa ou flat, sempre há a opção de fazer sua própria comida, o que torna os custos com alimentação mais baratos.

No entanto, como é recomendável aproveitar o dia visitando as atrações turísticas, pode ser mais viável almoçar na rua (nos restaurantes das atrações ou quando retornar para o centro) e jantar na hospedagem.

Uma dica fundamental, seja para quem estará em pousada ou para quem vai se hospedar em casas, é sempre tomar um café da manhã bem reforçado.

Em Urubici, há tanto restaurantes mais populares, como lanchonetes e buffets à quilo, quanto restaurantes mais sofisticados, bistrôs, churrascarias e cervejarias.

Considerando quatro refeições diárias (café da manhã, almoço, café da tarde e jantar), é possível se alimentar bem em Urubici com cerca de R$ 150,00 por dia.

Veja algumas sugestões de estabelecimentos que possuem um bom custo benefício de alimentação em Urubici:

  • Restaurante Guardião do Avencal;
  • Manali Bistrô;
  • Jaqueline Lanches;
  • Pizzaria Rota da Neve;
  • Rancho Urubici;
  • Restaurante Morro do Campestre;
  • Restaurante Carvalho;
  • Churrascaria Tradição;
  • Don Ventura Restaurante;
  • Zeca’s Bar;
  • Confeitaria Beckhauser;
  • Taipa Café.

Quanto custa viajar para Urubici, afinal? Veja uma estimativa de custos

Vamos considerar nessa estimativa de custos que o visitante conheça todas as atrações gratuitas da cidade e também as atrações pagas localizadas em Urubici, sugeridas nesse artigo.

Assim, vamos aos valores:

  • Diária de aluguel de carro intermediário: R$ 155 a diária;
  • Diária média de hospedagem: R$ 250 por pessoa;
  • Passeios pagos em Urubici: R$ 125 por pessoa;
  • Gastos com alimentação: R$ 150,00 por dia cada pessoa.

Total: R$ 675,00 por pessoa.

Isso sem contar o valor do combustível para realizar os deslocamentos pelas estradas e pontos turísticos de Urubici e a política de combustível do aluguel do veículo. De modo geral, é corriqueiro devolver o carro com o tanque cheio, se assim ele estava quando foi locado.

Uma dica para economizar combustível é organizar de maneira prévia todos os roteiros nas estradas e visitas aos pontos turísticos. É essencial fazer download das rotas e mapas porque muitas vezes a internet não funciona em algumas das estradas serranas.

Quem gosta de comprar souvenires de viagem, pode separar um percentual do orçamento para esse tipo de gasto. Há algumas lojinhas próximas de restaurantes e pontos turísticos e outras no centro da cidade.

A estimativa de quanto custa viajar para Urubici sempre depende do perfil do viajante e do tipo de experiência que ele deseja ter na viagem.

Contudo, viajantes com um perfil mais econômico podem ter um custo de aproximadamente R$ 1500,00 por pessoa para uma viagem de final de semana, por exemplo.

Conclusão

Para se hospedar com conforto durante sua viagem para Urubici, sem deixar de lado o bom custo-benefício, sua melhor opção na região é a Pousada Cabanas Xokleng.

Temos café da manhã incluso, chalés de madeira do tipo casa de campo, com quartos equipados com TV, ar-condicionado, cozinha e, claro, lareiras, além de um delicioso lençol térmico para aquecer suas noites.

Entre em contato com nossa equipe por e-mail ou WhatsApp e faça sua reserva hoje mesmo!

Aproveite e leia mais sobre os pontos turísticos de Urubici em nosso blog, tais como a Cascata Véu da Noiva, Altos do Corvo Branco, Cachoeira do Avencal, Cachoeira da Neve, Pedra da Águia e Parque Mundo Novo.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Até a próxima!

Jucinara Capistrano da Cunha
Jucinara Capistrano da Cunha

Podem me chamar de Juci! Uma advogada e empresária de 51 anos de idade, nascida em Bom Retiro, Santa Catarina. Vindo de uma família de pequenos agricultores, superei adversidades financeiras e decidi deixar a advocacia para trás, ao abrir uma pousada na encantadora cidade de Urubici. Minha maior realização é proporcionar alegria e conforto aos hóspedes, repaginando constantemente as acomodações para oferecer uma estadia cada vez melhor. Sou apaixonada por jardinagem, artesanato e viagens, e minha trajetória é marcada pela resiliência, gratidão e busca pela realização pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A pousada mais bem avaliada em Urubici

Avaliações Google
4.6
+180 Reviews

Faça uma cotação de uma pousada localizada no centro de Urubici