Mirante de Urubici

Guia sobre Urubici: tudo o que você precisa saber para viajar

Urubici é meu refúgio e, com toda certeza, uma joia no coração da Serra Catarinense. Se quer aventura e paisagens marcantes, está no caminho certo e esse guia sobre Urubici irá te ajudar bastante.

Viajar é se preparar e conhecer a fundo o destino, né? Por isso, vou te contar tudo: como chegar em Urubici da maneira mais tranquila e as formas de se locomover aqui.

Quantos dias ficar?  O que levar na mala? Quais lugares visitar? Pode deixar! Morando aqui, sei exatamente tudo o que você precisa ter em mente antes de vir.

Agora, te convido a desfrutar dessa maravilha catarinense que sempre aqueceu meu coração.

Guia sobre Urubici: os aspectos essenciais para sua viagem ser inesquecível

Como chegar em Urubici?

Estrada Urubuci
Fonte: Rodrigo Vasconcellos (Flickr)

Muita gente pensa que o único caminho para chegar em Urubici é por Florianópolis, que fica a uns 174 km de distância. Realmente, desembarcando no Aeroporto Hercílio Luz, em Floripa, a viagem por aqui fica fácil. Dá para alugar um carro por lá ou pegar um dos ônibus da Viação Reunidas que saem do Terminal Rita Maria. O trajeto é tranquilo, cerca de 3 horas e 40 minutos.

Ah, e tem Lages! Menos conhecido, mas tem um aeroporto que quebra um galho.

Agora, se me permite um conselho de moradora: venha de carro. A liberdade de explorar cada cantinho daqui é algo que não tem preço. Com vias como a BR-282, a SC-110 e a SC-370, é fácil chegar aqui. Já trouxe seu mapa de Urubici? Ele será seu melhor amigo para desbravar a região.

Depois de passar por cidades como São Paulo, Curitiba ou Rio, aproveite para dar uma esticada em destinos próximos daqui, como Gramado e Urupema.

E quando finalmente respirar o ar daqui, ah… Prepare-se para as maravilhas! A Serra do Corvo Branco, o Morro da Igreja e a Cascata Véu de Noiva são só o começo. Não esqueça da Cascata do Avencal e do Cânion do Espraiado.

Espero que este pequeno guia sobre Urubici te ajude a descobrir o que minha terra tem de melhor. Vem sentir essa vibe única e se surpreender!

Transporte local em Urubici

Vamos falar sobre como se locomover por esta pérola da Serra Catarinense.

Adoro sentir o vento no rosto enquanto desbravo minhas paisagens favoritas de moto. É libertador! Alugue uma moto e crie seu próprio caminho por aqui, chegando até aqueles cantinhos mais escondidos. Só lembre de reservar com antecedência e escolher uma locadora confiável.

Se você é do tipo eco-friendly, as bicicletas são uma excelente pedida. Pedalar por aqui te conecta de uma maneira íntima com nossos mirantes e cachoeiras. Existem empresas locais que oferecem bicicletas de todos os tipos, prontinhas para a aventura.

Agora, se prefere mais comodidade, um carro alugado pode ser seu melhor amigo. As estradas por aqui têm suas curvas, então esteja preparado. Mas ah, a liberdade de explorar cada recanto da cidade no seu tempo é única.

Dica de moradora: Mesmo sem termos uma rodoviária tradicional, a Praça Caetano Vieira Souza é o ponto central para ônibus. E a Viação Reunidas é uma boa pedida.

Táxis são confiáveis e os motoristas conhecem as melhores histórias e dicas locais. E, olha, até Uber temos por aqui, mas dependendo do dia, pode ser mais escasso.

E, por favor, enquanto estiver aqui, trate Urubici com carinho. Somos uma comunidade que valoriza e protege nossa cultura e natureza. Venha de coração aberto, respeite nosso espaço e aproveite tudo que temos a oferecer!

Quantos dias ficar em Urubici?

Morro do Parapente
Fonte: Gabrielle (TripAdvisor)

Se seu objetivo é curtir nosso friozinho e quem sabe até ver a neve, 2 dias podem bastar. Mas, confie em mim, temos muito mais a oferecer. Se quer se aventurar pelas trilhas, cachoeiras e pontos turísticos, sugiro ao menos 4 dias por aqui.

Dica de moradora: Evite dezembro a fevereiro se não gosta muito de chuva. Entre abril e agosto, embora seja menos chuvoso, a neblina às vezes dá as caras, deixando tudo com um charme misterioso, mas pode dificultar a visibilidade em alguns lugares.

E na hora de montar seu roteiro, pense nas experiências que quer vivenciar. Além de nossas paisagens de tirar o fôlego, mergulhar na cultura local é algo que não tem preço. E claro, reserve um tempinho para apenas relaxar e sentir a vibe da cidade. Vai te ajudar a definir quantos dias ficar.

Venha com coração aberto e aproveite cada segundo!

Quando ir para Urubici?

Possuo uma relação especial com cada estação do ano aqui.

Na primavera, nosso cantinho fica com um perfume único no ar. As temperaturas variam de 12°C a 22°C e é maravilhoso ver a cidade se enchendo de flores. Se você ama caminhar, essa é a época!

No verão, os termômetros marcam entre 20°C e 28°C. Apesar das chuvas, a vibe é ótima para se aventurar nas trilhas e se refrescar nas cachoeiras.

O outono tem seu charme com a folhagem mudando de cor, pintando a cidade de tons alaranjados e avermelhados. Com temperaturas entre 15°C e 25°C, é mais tranquilo, com menos visitantes.

Mas, se me perguntar qual é minha época favorita, sem dúvidas, é o inverno! Com a possibilidade de acordar e ver tudo branquinho de geada e, quem sabe, até neve. Os termômetros podem chegar a marcar entre 5°C e 15°C, então, traga um bom casaco!

Com esse guia sobre Urubici você agora sabe exatamente como são os climas da região,  agora só depende das suas preferencias pessoais para decidir qual a melhor época para visitar Ubirici!

Quanto custa viajar para Urubici?

Para chegar até aqui, de fato, aterrissar em Florianópolis e pegar um carro é a melhor opção. Transporte público aqui é um desafio.

O inverno realmente atrai muita gente, especialmente por causa do frio e da possibilidade de neve. Mas não se engane: apesar dos preços mais salgados nessa época, a experiência de ver a cidade coberta de branco é única.

Agora, se quiser algo mais tranquilo e econômico, venha no outono ou na primavera. Muitas das nossas belezas, como o Morro da Igreja e a Serra do Corvo Branco, não têm custo algum. Mas, claro, algumas atrações como a Cachoeira Véu da Noiva têm uma taxa.

Quanto aos custos, considerando o aluguel do carro, hospedagem, passeios e comida, você gastaria cerca de R$ 675 por dia. E, falando em hospedagem, recomendo de coração a Pousada Cabanas Xokleng. É um lugarzinho aconchegante, com chalés lindos e lareira. E o melhor? Fica pertinho do centro!

O que levar na mala?

Ao arrumar a mala para Urubici, eu sempre levo em mente as oscilações do nosso clima. Mesmo sendo famosa pelo friozinho, temos dias quentes no verão. A dica é apostar nas camadas: desde camisetinhas básicas até casacos mais pesados.

Vou te contar o que nunca falta na minha mala: camisetas de manga curta, alguma camisa de manga longa, um bom suéter e, claro, um casaco corta-vento. Não pode faltar uma calça confortável e, para os dias mais quentinhos, levo sempre um vestido. Chapéus, luvas e cachecóis também são essenciais.

Agora, mesmo no frio, não subestime o poder de um bom mergulho nas cachoeiras daqui. Então, coloque um traje de banho na mala! Quanto aos calçados, um bom tênis de trilha nunca me decepcionou. E, para relaxar, um chinelo ou sandália esportiva.

Se quiser aproveitar as trilhas e montanhas sem tremer de frio, leve agasalhos potentes, calças térmicas e, por que não, um xale leve? E não esqueça: o sol aqui pode ser traiçoeiro. Protetor solar, chapéus e óculos são indispensáveis.

Ah, e sobre eletrônicos: carregadores e adaptadores de tomada são fundamentais. E uma dica de coração: hospede-se em locais que te abracem com calor, como a Pousada Cabanas Xokleng. E não se esqueça: mantenha-se hidratado e aproveite cada canto desse pedacinho de paraíso.

Curtindo as férias na cidade

Carnaval Urubici
Fonte: Denny Sach (Flickr)

Conhecendo Urubici como a palma da minha mão, eu te garanto que este lugar é o paraíso para os apaixonados pela natureza e para quem busca um refúgio especial. Por isso, neste guia sobre Urubici, quero te dar umas dicas.

Urubici é um refúgio para quem ama a natureza e quer férias marcantes. Antes de vir, é bom escolher quando visitar. Cada estação tem seu charme. Depois, selecione as atrações. O Morro da Igreja e a Cascata Véu de Noiva são paradas obrigatórias!

Aqui, sentimos a natureza pulsar. Caminhar pelas trilhas, observar a fauna e se envolver com nosso ecoturismo é uma experiência única. E ah, nossa comida! Da minha cozinha sempre vem o aroma do pinhão e das trutas. E não esqueça dos nossos cafés e chocolates.

Em resumo, Urubici é mais que um destino turístico. É onde meu coração vive, rodeado por natureza, boa comida e paisagens que tiram o fôlego. Venha sentir essa magia e tenha férias inesquecíveis no nosso cantinho do Brasil.

Aspectos de saúde e segurança

Viver em Urubici me ensinou a valorizar cada detalhe e a priorizar a saúde e a segurança em todas as situações. Se você for visitar a minha cidade, quero que tenha uma viagem incrível e, ao mesmo tempo, esteja bem preparado.

E esse guia sobre Ubirici não estaria completo se eu não desse boas dicas sobre saúde e segurança!

Primeiro, tenha sempre à mão os contatos de emergência da região, como os do Hospital São José, que atende 24 horas, das farmácias locais e da delegacia. Aqui, sempre priorizamos o bem-estar dos visitantes.

Recomendo também que, antes de vir, confira as vacinas indicadas, como febre amarela e hepatite. Aqui na serra catarinense, também é bom se proteger contra mosquitos, então, traga seu repelente e opte por roupas que cubram mais o corpo.

E um conselho de quem conhece bem a região: considere um seguro viagem. Ele pode ser uma mão na roda se houver algum imprevisto, garantindo seu sossego.

Em Urubici, você vai se apaixonar pelas paisagens, trilhas e nossa cultura. Mas lembre-se: cuidar da saúde é essencial para aproveitar ao máximo. Espero que desfrute de tudo com muita alegria e tranquilidade!

Jucinara Capistrano da Cunha
Jucinara Capistrano da Cunha

Podem me chamar de Juci! Uma advogada e empresária de 51 anos de idade, nascida em Bom Retiro, Santa Catarina. Vindo de uma família de pequenos agricultores, superei adversidades financeiras e decidi deixar a advocacia para trás, ao abrir uma pousada na encantadora cidade de Urubici. Minha maior realização é proporcionar alegria e conforto aos hóspedes, repaginando constantemente as acomodações para oferecer uma estadia cada vez melhor. Sou apaixonada por jardinagem, artesanato e viagens, e minha trajetória é marcada pela resiliência, gratidão e busca pela realização pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A pousada mais bem avaliada em Urubici

Avaliações Google
4.6
+180 Reviews

Faça uma cotação de uma pousada localizada no centro de Urubici