Inscrições Rupestres

Inscrições Rupestres em Urubici: Conheça o Sítio Arqueológico

Você já ouviu falar das Inscrições Rupestres em Urubici?

Elas são um conjunto de desenhos e símbolos gravados em pedras que revelam um pouco da história e da cultura dos povos que habitaram essa região há milhares de anos.

Neste texto, você vai descobrir o que são, onde ficam, como chegar e quais os passeios que você pode combinar com essa visita incrível.

O que são as Inscrições Rupestres em Urubici?

Inscrições Rupestres
Fonte: Wagner Fontoura (Flickr)

As Inscrições Rupestres em Urubici são belezas naturais, um patrimônio arqueológico e cultural que se encontra no Parque Nacional de São Joaquim, na Serra Catarinense.

Essas inscrições rupestres são desenhos, símbolos ou letras gravados em superfícies rochosas, geralmente em locais abrigados ou de difícil acesso.

Elas podem ter sido feitas por povos indígenas que viveram ali há milhares de anos, e representar uma expressão artística, um tipo de comunicação, registro de eventos, rituais religiosos, marcação de território, entre outros.

Além disso, esse sítio arqueológico possui o Painel das Máscaras, com quatro painéis de desenhos rupestres diferentes. Eles mostram a diversidade cultural dos povos que passaram por ali e o seu grau evolutivo. A propósito, uma das figuras mais expressivas é a Máscara do Guardião.

Por fim, as inscrições rupestres são consideradas uma forma de arte rupestre, que inclui também as pinturas rupestres.

A arte rupestre no Painel das Máscaras, no Morro do Avencal

O Painel das Máscaras possui quatro painéis, cada um com desenhos diferentes que podem ter sido feitos por diferentes povos que chegavam ao local.

O primeiro painel possui a expressiva Máscara do Guardião, feita com técnicas de baixo e alto relevo, como se ele representasse uma figura sagrada.

O segundo painel traz inscrições rupestres diferentes do primeiro, repletas de linhas verticais paralelas.

Já o terceiro painel tem representações ainda mais diferenciadas dos dois primeiros, indicando que por ali passaram povos de outra cultura.

Por último, o quarto painel revela uma parte côncava acima de um buraco de água e com diversas representações.

Em nossa opinião, você precisa conhecer esse sítio arqueológico em Urubici e conferir de perto essas inscrições rupestres.

De acordo com os estudiosos, mais do que interpretar os desenhos, é importante entender o grau evolutivo da cultura humana e como as antigas sociedades viviam em épocas remotas.

Por isso que, apesar de simples, esse é um daqueles lugares com grande importância histórica que vale muito a pena conhecer.

Urubici tem mais de 80 sítios arqueológicos

Em Urubici, um município localizado na Serra Catarinense, no sul do Brasil, há mais de 80 sítios arqueológicos com inscrições rupestres, que foram identificados a partir da década de 1940.

Esses sítios estão distribuídos em diferentes áreas, sendo que um deles é na caverna Rio dos Bugres, um lugar cheio de segredos e paisagens deslumbrantes. Para chegar lá, você precisa pegar a SC-370 e depois seguir por uma estrada de terra até a comunidade Rio dos Bugres.

Depois de estacionar o carro, você caminha um pouco até a entrada da caverna, que foi usada por índios antigos. Lá dentro, você pode ver túneis e inscrições rupestres com uma lanterna.

Além disso, a vegetação ao redor é exuberante e convida a explorar. A vantagem é que a taxa custa apenas R$ 20,00 e vale a pena contratar um guia para saber mais sobre a história e as curiosidades do lugar.

Em geral, as inscrições estão distribuídas em vários painéis rochosos, sendo o mais famoso o chamado “Painel do Avencal”, que possui cerca de 80 metros de comprimento e 30 metros de altura.

Para quem é apaixonado por história e cultura local, vai perceber que essas inscrições rupestres de Urubici apresentam uma grande variedade de formas e estilos, que vão desde figuras geométricas simples até representações de animais, plantas, pessoas e objetos.

Como surgiram as Inscrições Rupestres?

Inscrições Rupestres
Fonte: MarttMatt (Flickr)

A origem, o significado e a datação das inscrições rupestres de Urubici são temas de muita pesquisa e debate entre os estudiosos.

Algumas hipóteses sugerem que elas foram feitas por grupos indígenas que habitavam a região antes da chegada dos colonizadores europeus, como os Kaingang, os Xokleng ou os Guarani.

Outras hipóteses apontam para a possibilidade de influência de povos estrangeiros que teriam visitado ou se estabelecido na região em épocas remotas, como os fenícios, os celtas ou os vikings.

A datação das inscrições rupestres é um desafio, pois depende de métodos indiretos, como a análise do desgaste das rochas, a comparação com outras manifestações culturais ou a associação com vestígios materiais encontrados nos sítios arqueológicos. Estima-se que as inscrições rupestres de Urubici tenham entre 3 mil e 10 mil anos de idade.

Onde ficam?

As Inscrições Rupestres do Avencal (que é o sítio mais famoso) ficam no Morro do Avencal, na estrada que segue até o Parque São Joaquim.

O acesso é feito por uma trilha de nível fácil, que leva cerca de 15 minutos a pé. O local é aberto à visitação todos os dias, das 9h às 17h30, e conta com uma passarela de madeira e um bar café.

Como chegar?

Para chegar às Inscrições Rupestres em Urubici, você pode ir de carro próprio ou alugado, seguindo pela via que liga Urubici a São Joaquim, com acesso no 5º quilômetro, onde há uma placa indicando a entrada do parque.

Você também pode contratar um passeio guiado com alguma agência de turismo local, que inclui o transporte e a explicação sobre as inscrições.

Outra opção é ir de ônibus até Urubici e depois pegar um táxi ou uma van até o parque.

Quanto custa?

A entrada no Parque Nacional de São Joaquim é gratuita, mas a visitação às Inscrições Rupestres em Urubici custa R$ 15,00 (agosto/2022).

No mais, você vai precisar pagar pelo transporte até lá, que varia conforme o meio escolhido. Se você for de carro próprio ou alugado, o custo será o da gasolina e do pedágio.

Se for de passeio guiado, o preço médio é de R$ 100 por pessoa. Mas caso você preferir ir de ônibus até Urubici e depois pegar um táxi ou uma van até o parque, o custo será o da passagem e da corrida também.

Características gerais sobre as Inscrições Rupestres na Serra Catarinense

Inscrições Rupestres
Fonte: Markus BrasiL (Flickr)

O estilo da arte rupestre em Urubici

As inscrições apresentam formas geométricas, como círculos, espirais, linhas e pontos, que podem representar astros, animais, plantas ou símbolos abstratos. Algumas inscrições também mostram figuras humanas ou zoomorfas, como pássaros, peixes e cervos.

A técnica

As inscrições foram feitas por meio de raspagem, incisão ou abrasão das rochas, criando sulcos ou depressões na superfície. Algumas inscrições também foram pintadas com pigmentos naturais, como o vermelho da hematita ou o preto do carvão.

Os motivos

As inscrições podem expressar diferentes significados, como marcar territórios, registrar eventos históricos, comunicar mensagens, celebrar rituais ou manifestar crenças religiosas.

Alguns motivos podem ter sido inspirados na observação da natureza, como o sol, a lua, as estrelas ou os animais. Outros podem ter sido fruto da imaginação ou da simbolização dos povos que as fizeram.

As cores

As inscrições variam em cores, desde o branco natural das rochas até o vermelho intenso das pinturas. As cores podem ter sido escolhidas por razões estéticas, mas também podem ter significados simbólicos, como o vermelho representando o sangue, a vida ou a guerra.

A localização

Como vimos neste artigo, as inscrições estão distribuídas em vários locais da região de Urubici, como morros, vales, cavernas ou abrigos sob rocha.

A escolha dos locais pode ter relação com a disponibilidade das rochas adequadas para a gravação ou a pintura, mas também pode refletir critérios culturais ou religiosos, como a proximidade com fontes de água, a visibilidade do horizonte ou a presença de forças sagradas.

A conservação

As inscrições estão sujeitas à deterioração natural ou antrópica, causada por fatores como o clima, a vegetação, os animais ou as intervenções humanas.

Algumas inscrições estão bem preservadas e podem ser facilmente identificadas e estudadas. No entanto, outras estão parcialmente apagadas ou danificadas e requerem técnicas especiais para sua recuperação e análise.

Passeios para combinar com as Inscrições Rupestres

As Inscrições Rupestres em Urubici são apenas uma das muitas atrações que essa região oferece aos visitantes.

Você pode aproveitar para conhecer outros pontos turísticos como, por exemplo:

  • Morro da Igreja, onde fica a famosa Pedra Furada, uma formação rochosa com um buraco no meio que parece uma janela para o céu;
  • Cascata do Avencal, uma cachoeira de 100 metros de altura que pode ser vista de cima ou de baixo;
  • Serra do Corvo Branco, uma estrada cênica que corta um cânion impressionante e tem um corte de 90 metros;
  • Vale do Rio dos Bugres, um lugar ideal para fazer trilhas, cavalgadas e observar a fauna e a flora locais.

Quais as outras 5 Inscrições Rupestres do Brasil e do mundo?

As Inscrições Rupestres em Urubici não são as únicas do Brasil e do mundo. Existem muitos outros lugares onde você pode admirar essas manifestações artísticas e culturais dos povos antigos. Veja alguns exemplos:

  1. Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí: considerado o maior sítio arqueológico das Américas, possui mais de mil locais com inscrições rupestres que datam de até 50 mil anos atrás.
  2. Parque Nacional Cavernas do Peruaçu, em Minas Gerais: abriga mais de 80 cavernas com inscrições rupestres que retratam animais, plantas, pessoas e cenas de caça e guerra.
  3. Lascaux, na França: é uma das mais famosas cavernas com inscrições rupestres do mundo, que datam de cerca de 17 mil anos atrás e representam animais como bisões, cavalos, cervos e touros.
  4. Parque Nacional do Catimbau, em Pernambuco: possui mais de 2 mil inscrições rupestres que mostram figuras geométricas, zoomórficas e antropomórficas, além de pinturas rupestres coloridas.
  5. Altamira, na Espanha: é outra caverna famosa por suas inscrições rupestres, que datam de cerca de 15 mil anos atrás e mostram animais como bisões, javalis, cavalos e cabras.

O que mais fazer em Urubici, além de ver as inscrições rupestres?

Como as inscrições rupestres fazem parte de um curto passeio no sítio arqueológico, é bom combiná-lo com outros atrativos em Urubici.

A região é propícia para a prática de esportes, como rapel, arvorismo, canoagem, exploração de cavernas e contemplação da natureza, incluindo cascatas, morros e mirantes.

Veja as nossas dicas sobre o que fazer em Urubici, além de conferir as inscrições rupestres do sítio arqueológico.

Tomar banho no Rio Sete Quedas

Rio Sete Quedas
Fonte: Dario Lins (Flickr)

O Rio Sete Quedas é uma daquelas aventuras de verão, com delicioso banho de rio para espantar o calor.

O nome é justamente por conta de sete quedas dos seguintes rios: Arco-Íris, Peixinho, Paixão, Saudade, Surpresa, Pé de Cortiça e Vitória.

É uma ótima maneira de recarregar as energias e se preparar para mais aventuras durante seus dias de viagem.

Andar de quadriciclo no Rancho da Montanha

Rancho da Montanha Quadriciclo
Fonte: Rancho da Montanha (TripAdvisor)

O Rancho da Montanha é um atrativo de Urubici com atividades campestres e é ideal para toda a família. Uma vez lá, você poderá andar a cavalo e também no quadriciclo, com duração entre 30 a 90 minutos.

Em todo o trajeto há o acompanhamento de um guia, além de um treinamento para quem nunca andou a cavalo ou no quadriciclo.

Apenas não confundir com o Rancho da Montanha de Bruno Gagliasso, que fica na Paraíba do Sul, no Rio de Janeiro.

Contemplar a Cachoeira Papuã Parque Turístico

Cachoeira Papuã
Fonte: Patricia Cordeiro de Castro (Flickr)

As paisagens incríveis entre morros, cachoeiras e cascatas é o que torna o passeio de ecoturismo completo em Urubici.

Por isso, um lugar perfeito é o Parque Turístico Cachoeira Papuã, a menos de 20 minutos das inscrições rupestres.

Esse é um dos locais com vista exuberante da serra catarinense em sua plataforma-mirante de vidro, com mais de 100 metros de altura para o precipício.

Tirar fotos na Pedra Furada para postar nas redes sociais

Mirante da Pedra Furada
Fonte: Edson E (TripAdvisor)

Diferente dos atrativos anteriores, a Pedra Furada fica a cerca de 40 minutos das inscrições rupestres do município. Ainda assim, é um excelente local para incluir em seu roteiro de viagem.

A Pedra Furada, nada mais é, do que uma escultura rochosa em formato de janela ou portal que dá acesso a um cenário digno de foto.

O principal ponto de chegada é no Morro da Igreja, por onde os visitantes fazem a caminhada pela trilha da Pedra Furada. É um dos passeios imperdíveis em Urubici.

Onde se hospedar perto das inscrições rupestres em Urubici?

Cabanas Xokleng
Fonte: Cabanas Xokleng (TripAdvisor)

Procurar por uma hospedagem próxima dos atrativos é vantajoso, caso você queira economizar no transporte, ou quando seu roteiro é curto.

Se é o seu caso, você pode ter acesso rápido ao passeio para as inscrições rupestres ao se hospedar na Pousada Cabanas Xokleng, a menos de 10 minutos de carro (ou 40 minutos a pé).

Você encontra chalés bem equipados, com todas as comodidades necessárias, ambientes agradáveis do tipo rústico e em meio ao verde.

Conclusão

Inscrições Rupestres
Fonte: Rosanetur (Flickr)

As Inscrições Rupestres em Urubici são um tesouro histórico e cultural que vale a pena conhecer. Elas nos permitem viajar no tempo e imaginar como era a vida dos povos que habitaram essa região há milhares de anos.

Além disso, elas estão inseridas em um cenário natural deslumbrante, que oferece muitas outras opções de lazer e diversão.

Então, se você gosta de história, arte e natureza, não deixe de visitar as Inscrições Rupestres na sua próxima viagem à Serra Catarinense.

Gostou deste artigo sobre as Inscrições Rupestres em Urubici? Então aproveite para entrar em contato conosco e ficar perto dessa atração imperdível da cidade. Fale com um de nossos especialistas, pelo WhatsApp ou e-mail agora mesmo!

Jucinara Capistrano da Cunha
Jucinara Capistrano da Cunha

Podem me chamar de Juci! Uma advogada e empresária de 51 anos de idade, nascida em Bom Retiro, Santa Catarina. Vindo de uma família de pequenos agricultores, superei adversidades financeiras e decidi deixar a advocacia para trás, ao abrir uma pousada na encantadora cidade de Urubici. Minha maior realização é proporcionar alegria e conforto aos hóspedes, repaginando constantemente as acomodações para oferecer uma estadia cada vez melhor. Sou apaixonada por jardinagem, artesanato e viagens, e minha trajetória é marcada pela resiliência, gratidão e busca pela realização pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A pousada mais bem avaliada em Urubici

Avaliações Google
4.6
+180 Reviews

Faça uma cotação de uma pousada localizada no centro de Urubici