Serra Catarinense: as Belezas da Região Montanhosa

Aqui na Serra Catarinense, a cada dia me surpreendo com as belezas naturais, e Urubici é um dos destaques.

Entre montanhas, vales e rios, nossa região é um show à parte. E o frio? Ah, é inegável! Já presenciei manhãs geladas com temperaturas de até -10°C. Mas não se engane, o frio é só um charme a mais!

Para os amantes de aventuras, sugiro as trilhas e passeios de bicicleta. Se preferir algo mais tranquilo, cavalgadas pela região são incríveis. E quando bater aquela fome, recomendo os sabores daqui: o pinhão no fogão à lenha, a truta fresquinha e nosso arroz carreteiro.

E uma dica: não deixe de provar um vinho local.

Como é o clima na Serra Catarinense?

Serra Catarinense
Fonte: Antonio Carlos Bohnke (Flickr)

Na Serra Catarinense, experimentamos um clima subtropical de altitude. As massas de ar frio vindas do sul influenciam nosso clima, trazendo temperaturas baixas durante todo o ano. No inverno, é comum termômetros marcarem abaixo de zero, e em alguns dias, somos agraciados com a neve. No verão, aproveitamos temperaturas amenas, geralmente por volta dos 20 graus Celsius.

Chove bastante aqui, graças ao nosso relevo montanhoso que facilita a formação de nuvens. Por isso, a chuva é bem distribuída ao longo do ano. Eu sempre sugiro aos visitantes que tragam um bom casaco, independente da época.

E se você é como eu, que adora um clima mais fresco no verão ou quer se aventurar nos esportes de inverno, a Serra Catarinense é o destino ideal. Seja bem-vindo e aproveite cada momento!

Flora e fauna da Serra Catarinense, um espetáculo à parte

Serra Catarinense
Fonte: Polly Sweet (Flickr)

Com campos de altitude predominantes acima dos 1.200 metros, encontramos gramíneas, arbustos e pequenas árvores, todos adaptados ao frio rigoroso e ventos constantes. Em altitudes mais baixas, as matas de araucária se destacam, abrigando imponentes árvores como a própria araucária e o pinheiro-do-paraná.

Quanto à nossa fauna, é uma verdadeira celebração da natureza. Desde o majestoso puma até o elegante veado-campeiro, a diversidade é impressionante. Para os observadores de aves, sugiro ficar atentos ao colorido papagaio-charão e ao emblemático tucano-de-bico-verde. E não podemos esquecer das nossas espécies endêmicas, como o curioso sapo-de-chifre e o raro lagarto-da-serra.

Recursos hídricos de tirar o fôlego

A Serra Catarinense é um verdadeiro tesouro quando se trata de recursos hídricos. Sempre que alguém me pede sugestões sobre a região, os rios, lagos e cachoeiras estão no topo da minha lista.

O Rio Canoas, que tem sua origem na encantadora Serra do Rio do Rastro, é a espinha dorsal hídrica da região, conectando-se ao Rio Pelotas. Mas não podemos esquecer do Rio do Peixe, do Rio Caveiras e do Rio Pelotinhas, que também possuem uma beleza singular.

Aos amantes de lagos, sugiro um passeio pelo Lago São Bento, Lago Negro e Lago do Salto. Eles não são apenas estonteantes, mas também desempenham funções vitais na geração de energia e irrigação.

História da Serra Catarinense

Serra Catarinense
Fonte: Polly Sweet (Flickr)

A Serra Catarinense é um encanto: belas paisagens, clima frio e destaque na produção de maçãs e vinhos. Sua história começa com os índios, passa pela chegada de colonos portugueses seduzidos pelo ouro e, mais tarde, imigrantes europeus, principalmente alemães e italianos, que enriqueceram nossa cultura.

No século XX, nos consolidamos como grandes produtores agrícolas, com maçãs de destaque nacional e vinhos que merecem ser degustados.

Se planeja visitar a Serra Catarinense, eu recomendo que você dê uma passadinha na Serra do Rio do Rastro,  e a Vinícola Villa Francioni.

Os encantos da gastronomia da Serra Catarinense

A gastronomia da Serra Catarinense é uma verdadeira celebração de tradições e culturas. Com raízes italianas e alemãs, sem esquecer a influência indígena e dos tropeiros, temos uma culinária rica e diversa.

O pinhão, semente da araucária, é um clássico, seja como petisco ou ingrediente-chave em receitas. A truta, cultivada por aqui, é outro destaque, preparada de formas variadas, garantindo um sabor inigualável.

Não posso deixar de sugerir os queijos artesanais, cujo sabor e textura são marcas registradas, resultado do carinho de produtores locais. E para acompanhar, as cervejas artesanais da região, muitas vezes incorporando ingredientes como o pinhão e a erva-mate, são imperdíveis.

Quais são as festas tradicionais da região?

Ao visitar a Serra Catarinense, recomendo vivenciar a cultura local pelas festas tradicionais que são um espetáculo à parte. A Festa do Pinhão, que acontece em junho, é uma das minhas favoritas. Celebra-se o pinhão com muita música, rodeios e pratos saborosos.

Outra dica valiosa é a Festa da Maçã, em São Joaquim. É uma verdadeira homenagem à produção de maçãs da região, recheada de desfiles e apresentações culturais. Sugiro também conferir a Festa do Vinho, em Videira; a Festa da Tainha, em Laguna; e a Festa da Cebola, em Ituporanga.

Artesanato local

Se você é apaixonado por cultura e arte, sugiro fortemente que explore o artesanato da Serra Catarinense. Essa região é um verdadeiro tesouro quando se trata de peças manuais, repletas de histórias e tradições.

Ao passear pela região, é quase impossível não se encantar com os tapetes de lã, meticulosamente confeccionados, ou com as esculturas em madeira que exibem habilidades impressionantes. Cada peça que você observa é um reflexo da rica tapeçaria cultural da área.

Turismo na Serra Catarinense: 10 principais pontos turísticos

Mirante Serra do Rio do Rastro
Fonte: Gabriela lott (Flickr)

Se você planeja visitar a Serra Catarinense, já está fazendo uma ótima escolha.

Com tantos atrativos, é fácil entender por que tantos turistas se encantam por esta região. Vou dar algumas dicas pessoais para aproveitar ao máximo sua experiência:

  1. Serra do Rio do Rastro: Recomendo visitar durante o nascer ou pôr do sol. A vista é ainda mais espetacular com as cores do céu complementando a paisagem.
  2. Morro da Igreja: Sugiro levar um agasalho extra, mesmo no verão. O vento no topo pode ser bem gelado!
  3. Cânion Fortaleza: Se for possível, faça uma trilha guiada. A experiência de caminhar por este local é única.
  4. Cascata Véu de Noiva: Ótimo local para fazer um piquenique e relaxar ao som da água caindo.
  5. Serra do Corvo Branco: Dirija com cautela, as curvas são realmente desafiadoras, mas a vista compensa.
  6. Pedra Furada: Se for visitar, não esqueça sua câmera. As fotos de lá são simplesmente incríveis.
  7. Parque Nacional de São Joaquim: Além da flora e fauna, há trilhas para todos os níveis. Sugiro explorar ao máximo.
  8. Vinícolas: Não saia sem provar os vinhos locais, especialmente os espumantes. Eles são um destaque da região.
  9. Turismo rural: Recomendo acordar cedo e experimentar o café da manhã típico. É uma deliciosa forma de começar o dia.
  10. Festas típicas: Participe das danças e atividades locais. É a melhor maneira de realmente se imergir na cultura local.

Atividades de aventura na Serra Catarinense

Serra Catarinense
Fonte: Polly Sweet (Flickr)

A Serra Catarinense, onde vivo, é realmente um lugar espetacular. Para quem adora trilhas, sugiro a Trilha do Rio do Boi para uma caminhada mais curta. Se você dispõe de mais tempo, a Travessia da Serra do Corvo Branco é uma experiência inesquecível com vistas maravilhosas.

Aqui, também temos cachoeiras impressionantes, e uma que você não pode perder é a Cascata do Avencal. Com uma queda d’água imponente, é uma das minhas favoritas. Mas vou dar uma dica: explore também as cachoeiras menores, elas têm um encanto particular.

Para quem busca emoção, recomendo a escalada na Pedra Furada. E para uma experiência única, a tirolesa da Serra do Rio do Rastro é imperdível.

Jucinara Capistrano da Cunha
Jucinara Capistrano da Cunha

Podem me chamar de Juci! Uma advogada e empresária de 51 anos de idade, nascida em Bom Retiro, Santa Catarina. Vindo de uma família de pequenos agricultores, superei adversidades financeiras e decidi deixar a advocacia para trás, ao abrir uma pousada na encantadora cidade de Urubici. Minha maior realização é proporcionar alegria e conforto aos hóspedes, repaginando constantemente as acomodações para oferecer uma estadia cada vez melhor. Sou apaixonada por jardinagem, artesanato e viagens, e minha trajetória é marcada pela resiliência, gratidão e busca pela realização pessoal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A pousada mais bem avaliada em Urubici

Avaliações Google
4.6
+180 Reviews

Faça uma cotação de uma pousada localizada no centro de Urubici